Início Pontos Turísticos Memorial Pontes de Miranda: a história do maior jurista brasileiro, em Maceió

Memorial Pontes de Miranda: a história do maior jurista brasileiro, em Maceió

COMPARTILHAR

O Memorial Pontes de Miranda da Justiça do Trabalho de Alagoas, mais conhecido como simplesmente Memorial Pontes de Miranda, é um dos museus mais conhecidos do nosso país, e encontra-se localizado no centro de Maceió. A cidade tem, de fato, se destacado no quadro cultural brasileiro, contando com vários museus, como o caso do Instituto Histórico e Geográfico de Alagoas, ou o Ecomuseu Comunitário “Graciliano é uma Graça”.

Depois de ler este artigo aproveite para ler também:

Memorial Pontes de Miranda
Fonte da imagem: www.primeiraedicao.com.br

Sobre o Memorial Pontes de Miranda

O Memorial Pontes de Miranda foi instituído em 1994 com o principal objetivo de divulgar e preservar a obra do jurista Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda, assim como preservar e divulgar a história da Justiça do Trabalho em Alagoas.

No edifício conta com um arquivo e uma biblioteca, e é sede de várias exposições temporárias e atividades culturais.

De notar que Francisco Cavalcanti Pontes de Miranda foi um dos maiores juristas do nosso país, e como tal não deverá nunca ser esquecido por nós, mas em especial pelo povo alagoense.

Ele foi pioneiro em vários setores, e a sua grande obra é caracterizada por um volume único na jurisprudência nacional, muito raro na literatura nacional, e até mesmo universal.

Este jurista empenhou-se em vários ramos, tendo-se debruçado em todas as áreas das ciências jurídicas. Foi ele quem escreveu o Tratado de direito privado, o qual conta com 60 volumes, e totalizando mais de 30 mil páginas.

Ele foi ainda autor de vários métodos e concepções novas dentro da jurisprudência.

Em 1979, Pontes de Mirando tornou-se membro da Academia Brasileira das Letras, tendo falecido pouco depois, com 87 anos.

Depois de sua morte foram registradas várias homenagens por todo o país. Por exemplo, a seção do Rio Grande do Sul da Ordem dos Advogados do Brasil chegou mesmo a dar o seu nome ao congresso de advogados feito nesse estado.

Recebeu ainda, mesmo que postumamente, a medalha de Mérito Judiciário do Trabalho, e até o Senador Federal do Brasil lhe prestou homenagem.

No entanto, a maior homenagem feita ao jurista foi em Maceió, sua terra natal, quando o presidente do Tribunal Regional do Trabalho, Francisco Osani de Lavor idealizou o museu, hoje Memorial Pontes de Miranda.

Os anos que se seguiram à criação deste museu foram exclusivamente dedicados à formação do acervo, que conta com vários objetos coletados nos órgãos pertencentes à Justiça do Trabalho de Maceió.

A viúva do jurista também doou uma série de outros objetos e documentos, mas também se registraram doações de objetos por parte de várias famílias de servidores do tribunal.

Onde fica o Memorial Pontes de Miranda

Está localizado na Rua Zacarias de Azevedo, uma perpendicular à Avenida da Paz.

Como chegar no Memorial Pontes de Miranda

O acesso ao Memorial Pontes de Miranda é feito pela Avenida da Paz, a qual percorre todo o litoral de Maceió.

O que fazer no Memorial Pontes de Miranda

O Memorial Pontes de Miranda oferece um sem fim de objetos pessoas que haviam pertencido a Pontes de Miranda, entre os quais poderá encontrar vários documentos, a sua máscara mortuária, insígnias, fotografias, mobiliário, entre vários outros itens.

Poderá ainda ver outros objetos que pertenceram a outras personalidades que mereceram destaque no estado de Alagoas.

Todas as obras que estão relacionadas à história da Justiça do Trabalho em Alagoas encontram-se expostas em painéis e vitrines, podendo ver textos, documentos e fotos acerca do ensino de direito do trabalho no Brasil.

Tem também objetos do Fórum Quintela Cavalcanti, já extinto.

No arquivo e na biblioteca pode ver várias obras jurídicas, fotografias e livros relacionados com a Justiça do Trabalho alagoense, assim como obras relacionadas com a vida e obra de Pontes de Miranda.

Se estiver de visita a Maceió, não se esqueça de prestar homenagem a este grande jurista visitando o Memorial Pontes de Miranda.

Memorial Pontes de Miranda: a história do maior jurista brasileiro, em Maceió
5 (100%) 10 votos

DEIXE O SEU COMENTÁRIO: