Início Gastronomia Sururu de Capote: saiba tudo sobre essa iguaria tipicamente alagoana!

Sururu de Capote: saiba tudo sobre essa iguaria tipicamente alagoana!

2424
0
COMPARTILHAR

Maceió, capital Alagoana, é conhecida como uma grande produtora de moluscos, muito por causa das suas extensas lagoas, como a Lagoa do Pau. O sururu de capote é um dos pratos mais famosos da região, e o sabor é realmente indescritível. Saiba tudo sobre essa iguaria nesse artigo.

Depois de ler este artigo aproveite para ler também:

Sururu de capote
Fonte da imagem: Divulgação

Sobre a origem do Sururu de Capote

Sururu é um marisco, o qual vive em águas doces, dentro de conchas. Eles são abundantes nas partes mais baixas das lagoas, e podemos encontrá-los dentro da lama. Esses animais vivem em colônias bastante numerosas.

O sururu cresce e se desenvolve consoante o teor de salinidade das águas onde vivem. Assim sendo, ela não deve ser muito doce, mas também não deve ser muito salgada. Por essa mesma razão o sururu se prolifera nas lagoas, por encontrar exatamente o que precisam para se desenvolverem.

O Sururu de Capote é um dos pratos prediletos dos alagoanos, onde esse molusco é cozido dentro da concha, juntamente com outros temperos.

Este prato é servido como refeição, mas também como petisco, mas sempre acompanhado de pirão, bastante pimenta e purê de macaxeira.

Onde encontrar o Sururu de Capote

O melhor sítio para degustar o Sururu de Capote é no Bar do Pelado, na Ilha de Santa Rita, bem próxima de Maceió, ficando a caminho da Praia do Francês.

No entanto, em todo o estado de Alagoas encontra bons restaurantes que servem essa iguaria. Fora de Alagoas já é muito difícil encontrar um local onde sirva esse prato, e quando encontra, a qualidade não é a mesma. Por isso vale a pena a viagem até ao solo alagoano para degustar esse manjar dos deuses.

Receita do Sururu de Capote

Pra fazer o Sururu de Capote deverá reunir os seguintes ingredientes:

  • 1 xícara de leite de coco
  • 1 kg de sururu (ainda dentro da casca)
  • ½ Kg de sururu sem casca
  • 200 ml de vinho branco seco
  • 4 c. Sopa de polpa de tomate
  • 1 xícara de cebola (corte em cubinhos pequenos)
  • 3 c. Sopa de Azeite de Oliva
  • 1 bouquet garni (tomilho, louro e salsinha)
  • 4 alhos (pique bem)
  • 2 c. Sopa de suco de limão
  • 3 c. Sopa de pimentão vermelho (picadinho)
  • 2 c. Sopa de salsa picada
  • 2 c. Sopa de cebolinha (picada)
  • 1 c. Café de urucum
  • 3 c. Sopa de farinha de mandioca
  • 2 pimentas Dedo-de-Moça (sem caroço e picadas)
  • Sal a gosto
  • Pimenta do reino preta a gosto

Como fazer o Sururu de Capote

A primeira coisa a fazer é cozinhas os sururus ainda na casca, limpos, com vinho, água filtrada, sal e o bouquet garni durante 15 minutos.

Deixe descansar por aproximadamente 10 minutos.

Depois separe os sururus do caldo onde cozeram.

Pegue uma panela limpa, coloque o azeite e leve ao lume para aquecer. Adicione o alho e a cebola para refogar, mexendo sempre, por cerca de 3 minutos.

Junte os sururus limpos ao refogado, e depois os com casca.

Adicione depois o suco de limão, 2 xícaras do caldo do cozimento dos sururus, a polpa de tomate, o pimentão, o chilli, e tempere a gosto com sal e pimenta do reino preta.

Deixe no lume até levantar fervura. Assim que ferver, junte o leite de coco, a cebolinha e a salsa.

Pegue outra panela e coloque metade do caldo. Adicione a farinha e o urucum.

Tradicionalmente o sururu de capote é acompanhado de pirão, mas pode incrementar com bastante pimenta e purê de macaxeira.

Não é um prato muito simples de confeccionar, pois tem vários passos a seguir. No entanto, vale bem a pena, pois o resultado é de deixar água na boca. E não se esqueça de provar o Sururu de Capote durante a sua viagem a Alagoas!

Sururu de Capote: saiba tudo sobre essa iguaria tipicamente alagoana!
5 (100%) 24 votos

DEIXE O SEU COMENTÁRIO: