Início Gastronomia Pituzada: delicie-se com este autêntico prato típico de Alagoas!

Pituzada: delicie-se com este autêntico prato típico de Alagoas!

1041
0
COMPARTILHAR

Se existe lugar onde se come bem, esse lugar é Alagoas. Por causa da sua riqueza marinha, os pratos de peixes, moluscos e mariscos são o ponto alto, como o caso da Pituzada, mas também do Sururu de Capote, ou Siri mole ao coco. Veja um pouco mais sobre este prato típico alagoano, saiba onde comer, e aproveite para conferir a receita.

Depois de ler este artigo aproveite para ler também:

Pituzada
Fonte da imagem: www.acozinhadacacau.com.br

Sobre a Pituzada

A Pituzada é feita com um artrópode crustáceo chamado Pitu. Para ter uma ideia da riqueza do nosso país, o maior Pitu do mundo todo é daqui mesmo, das nossas águas doces de Alagoas.

O Pitu é quase um camarão gigante, mas com um sabor bastante característico. Quando o Pitu é apenas um filhote, é muito frágil, mas não menos belo. É por essa razão que criá-lo em aquário é muito difícil.

Principalmente no nordeste brasileiro, este crustáceo é muito apreciado, sendo a Pituzada um dos pratos mais pedidos em Alagoas.

Onde encontrar a Pituzada

Se você quer comer uma Pituzada a valer, tem mesmo de experimentar viajar até Alagoas. Não existe nenhum outro lugar no mundo onde pode usufruir de paladares tão intensos e característicos.

Como tal, alguns restaurantes do estado alagoano servem esse prato típico, permitindo que os turistas possam desfrutar dos sabores especiais do Pitu.

A Casa do Pitu é um desses restaurantes. Ele situa-se na Rua José Maia Gomes, em Maceió. Tem também o Espaço Ecológico Angicos, na Rua Atalaia, em Xingó, Piranhas. Ou então o Recanto do Caubi, na Pajuçara.

Todos eles servem uma Pituzada de bradar aos céus!

Receita da Pituzada

Para preparar a Pituzada precisa de:

  • 3, ou 3 Kg e meio de Pitu
  • 650 ml de leite de coco
  • 350 ml de água
  • 3 c. Sopa de extrato de tomate
  • 1 tomate maduro (sem sementes)
  • 1 cebola média (rale a cebola no ralinho médio)
  • 1 maço de cheiro-verde
  • 1 dente de alho (corte em lâminas finas)
  • Sal a gosto
  • Pimenta a gosto
  • Azeite de oliva verde

Como fazer a Pituzada

Primeiro, corte um pedacinho da cabeça dos Pitus, usando uma faca afiada. O ideal é cortar um pouquinho atrás dos olhos, de forma a poder retirar os intestinos. Lave muito bem e coloque-os numa panela grande.

Adicione a água na panela, e tempere com um pouco de sal. Depois leve a cozinhar em fogo brando.

Assim que estiverem cozinhados, desligue o fogão e reserve. Você vê que estão cozinhados quando mudam de cor.

Num liquidificador, coloque o tomate picado, o leite de coco, sal, folhas de cheiro-verde (duas ou três), e pimenta. Bata.

Coloque o alho e a cebola em azeite numa panela para refogar. Deixe dourar. Adicione a mistura que fez anteriormente no liquidificador. Adicione também o cheiro-verde, amarrado, e deixe um pouco, mas sem deixar ferver.

Coloque os Pitus nessa panela, um por um. Deixe ferver por aproximadamente 25 minutos.

Retire o molho de cheiro-verde, desligue o fogão, e reserve os pitus.

Numa panela pequena, coloque um pouco do caldo, peneirado, para fazer pirão. Deixe no fogo e mexa. Acrescente farinha aos poucos, sempre mexendo. No entanto, tenha atenção para não exagerar na farinha, porque depois de frio o pirão engrossa muito. Desligue o fofo assim que começar a encorpar.

Coloque os Pitus no canto do prato, noutro o pirão, e sirva também com um arroz. Poderá também decorar o prato com um ramo de cheiro-verde, ou então umas folhinhas de manjericão.

Não é uma receita muito complicada, então vale a pena para fazer esse final de semana. Mas não deixe de comprar os Pitus num mercado de Alagoas. Lá é que poderá encontrar os melhores de todo o país. Delicie-se com essa Pituzada!

Pituzada: delicie-se com este autêntico prato típico de Alagoas!
5 (100%) 1 voto

DEIXE O SEU COMENTÁRIO: